Sábado, 20 de Julho de 2024
34°

Parcialmente nublado

Belém, PA

Anúncio
Geral MEIO AMBIENTE ...

Ação integrada reforça proteção ambiental em Unidade de Conservação em Salinópolis

Operações fazem parte da estratégia de intensificação da fiscalização durante o mês de julho, quando a área recebe um aumento significativo de visi...

08/07/2024 às 09h15
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Crédito: Vinícius Leal (Ascom/Ideflor-Bio)
Crédito: Vinícius Leal (Ascom/Ideflor-Bio)

A ação integrada do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-Bio) e a Polícia Militar do Pará (PMPA), no domingo (7), flagrouduas ocorrências de crimes ambientais na Unidade de Conservação (UC) Monumento Natural do Atalaia, em Salinópolis, na região nordeste paraense. As operações fazem parte da estratégia de intensificação da fiscalização, neste mês de julho, quando a área recebe um aumento significativo de visitantes.

A primeira ocorrência registrada foi um caso de desmatamento ilegal. Indivíduos estavam desmatando uma área da UC para a criação de um estacionamento irregular. A atividade foi interrompida pela equipe de fiscalização, que deteve os responsáveis e aplicou as devidas sanções. O ato de desmatamento em UCs é considerado crime ambiental, sujeito a multas e outras penalidades previstas em lei.

O segundo incidente envolveu a tentativa de furar o bloqueio de veículos automotores na faixa de areia da Praia do Atalaia, estabelecido a partir do 3º atalho de acesso ao balneário. A medida, implementada pelo Ideflor-Bio, visa proteger o local em que cinco espécies de tartarugas marinhas e outros animais utilizam para a desova e procriação. O infrator foi impedido de seguir adiante e conduzido para fora da área do bloqueio.

O diretor de Gestão e Monitoramento de Unidades de Conservação, Ellivelton Carvalho, ressaltou que a proteção da UC Monumento Natural do Atalaia é essencial para a preservação da biodiversidade local e para garantir a segurança dos visitantes. “O aumento das ações de fiscalização durante o mês de julho se deve à grande quantidade de turistas que frequentam a região, especialmente nos fins de semana e feriados. Nosso objetivo é garantir que todos possam usufruir das belezas naturais de forma sustentável e responsável”, afirmou.

Parceria -A colaboração da Polícia Militar e demais órgãos da segurança pública tem sido crucial para o sucesso dessas operações. Com o apoio logístico e operacional da corporação, é possível realizar abordagens mais eficazes e rápidas, garantindo a autuação imediata dos infratores. A presença policial também tem um efeito dissuasivo, desencorajando potenciais violadores da lei ambiental.

Vale lembrar que os infratores autuados em flagrante são conduzidos ao CICC, localizado no 3º atalho de acesso à Praia do Atalaia, onde são formalmente responsabilizados pelos crimes cometidos. A penalização imediata visa coibir a reincidência e serve como um aviso claro a todos os visitantes sobre a seriedade das medidas de proteção ambiental em vigor.

Sobre a UC -A UC Monumento Natural do Atalaia é uma área de grande importância ecológica e turística. Com suas belas paisagens e rica biodiversidade, atrai milhares de visitantes todos os anos. A conservação desse patrimônio natural é fundamental para manter o equilíbrio ecológico e garantir que as futuras gerações também possam desfrutar desse espaço.

Além da fiscalização e autuação, o Ideflor-Bio está promovendo campanhas educativas para conscientizar os turistas sobre a importância da preservação ambiental. Panfletos informativos e palestras estão sendo realizados nas proximidades dos acessos à praia, visando informar e sensibilizar o público sobre as regras de uso das áreas protegidas.

"Cada pessoa que visita o Monumento Natural do Atalaia tem um papel importante na sua conservação. Respeitar as normas e ajudar a denunciar irregularidades são atitudes que contribuem para a proteção desse espaço único", concluiu o diretor Ellivelton Carvalho, que reforçou a importância da colaboração dos visitantes na preservação do meio ambiente.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias