Sábado, 20 de Julho de 2024
34°

Parcialmente nublado

Belém, PA

Anúncio
Geral ARTICULAÇÃO

Pará recebe Caravana Federativa com foco no fortalecimento de articulações entre entes públicos

Mais de 30 ministérios participam do evento, que garante oportunidade de diálogo e desenvolvimento, com a aproximação do Governo Federal, estado e ...

04/07/2024 às 15h25
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Crédito: Paula Lourinho / Ascom Seop
Crédito: Paula Lourinho / Ascom Seop

Representantes do Governo do Estado e de 141 municípios paraenses participaram, nesta quinta-feira, 4, da abertura da 11ª edição da Caravana Federativa, iniciativa do Governo Federal, por meio das secretarias de Assuntos Federativos (Seaf) e de Relações Institucionais (SRI), que garante o diálogo e desenvolvimento entre os entes públicos. O evento, que seguirá até esta sexta-feira, 5, no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, conta com a participação de mais de 30 ministérios, para discutir programas, políticas e serviço públicos.


O governador do Pará, Helder Barbalho, durante a cerimônia de abertura do evento, ressaltou a importância de fortalecer relações federativas e institucionais.

"Este alinhamento tem permitido ao Pará viver um bom momento, de captação de recursos e de relacionamento político-institucional, com inúmeras possibilidades de crescimento. O Estado vive um protagonismo, sobretudo, na liderança ambiental da Amazônia e o alinhamento com os entes públicos, nos permite desenvolver e fortalecer, cada vez mais, ações positivas, fazendo com que obras sonhadas por longo tempo possam se transformar em realidade, com que políticas públicas possam acontecer e gerar emprego e renda para impulsionar a nossa região" ressalta o chefe do Executivo estadual.

A Caravana Federativa percorre o Brasil com o objetivo de proporcionar aos gestores estaduais e municipais um atendimento personalizado. O foco é a aproximação do Governo Federal com os estados e municípios, por meio da troca de informações e articulação de ações conjuntas, para identificar maneiras de melhorar os serviços oferecidos em seu município e democratizar acesso a programas essenciais.

O ministro de estado-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, responsável pela Caravana pelo Brasil, explica que a iniciativa foi criada com três objetivos: fortalecer a retomada de diálogo do atual Governo Federal, que abre portas para investimentos e direcionamento de recursos; aproximar Brasília dos estados e municípios e estabelecer parcerias para realizar, cada vez mais, anúncios e celebrar assinaturas de novas obras.

"Não só abrimos as portas do Palácio do Planalto e dos ministérios, em Brasília, como vamos além, trazemos nossos serviços para perto dos municípios com a Caravana. Nesses dois dias de evento, o Governo Federal estará integralmente em Belém, com estandes, técnicos, diretores, que vão resolver problemas, tirar dúvidas e agir pelo desenvolvimento. Só temos a agradecer o Governo do Pará por toda a estrutura promovida, que trará oportunidades de transformar ações em obras", afirma Alexandre Padilha.

Participam da Caravana Federativa Pará titulares das prefeituras do Estado, bem como vice-prefeitos, representantes de secretarias municipais e estaduais, gerentes municipais de convênios, parlamentares, representantes de consórcios e federações municipais e estaduais e da sociedade civil organizada. Antes de chegar ao Pará, a Caravana Federativa já esteve no Piauí, Bahia, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Tocantins, Maranhão, Ceará, Paraíba, Pernambuco e Amapá.

CIDADES –Entre as principais assinaturas celebradas pelo Ministério das Cidades durante a abertura do evento, estão: o termo de compromisso da obra de urbanização e qualificação do Canal do Tucunduba, com o investimento federal de R$ 121 milhões; a portaria de autorização de 1.460 novas moradias do Programa Minha Casa Minha Vida em Belém e Ananindeua; além de obras de saneamento no Mercado Ver-o-Peso.

"Em um passado recente, convênios entre o Governo Federal, estados e municípios eram situações raríssimas, que, quando feitos, eram feitos pelos parlamentares. Nenhum ministério sequer fazia a transferência de um único recurso do Governo Federal aos municípios. E hoje a realidade é outra. Buscamos reconstruir relações federativas, fortalecer essa relação e o pacto federativo, com foco no diálogo e parceria entre entes públicos. O nosso foco é desenvolver nossa relação direta com os 5.570 municípios desse país", destaca Jader Barbalho, ministro de estado das Cidades.

MAIS ASSINATURAS –Entregas do Programa Imóvel da Gente; cessão de uso gratuito de imóvel, prédio e terrenos; Acordo de Cooperação Técnica (ACT) com a Universidade Federal do Pará (UFPA) para regularização fundiária de área com cerca de 40 mil imóveis foram assinados também durante o evento. Na área do turismo, foi firmado um ACT entre o Ministério do turismo e a Caixa Econômica Federal, além do anúncio de empenhos de ações de infraestrutura para os municípios de Belém, Breu Branco, Magalhães Barata, Pacajá, Paragominas, Santarém e Vigia e de operações de crédito para o setor de hotelaria para a COP 30, entre outras iniciativas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias