Quarta, 12 de Junho de 2024
27°

Tempo limpo

Belém, PA

Educação MAIO AMARELO

Passageiros do terminal do BRT Maracacuera recebem ação educativa sobre assentos preferenciais nos ônibus

O objetivo da ação é relembrar aos usuários que todos os assentos do transporte coletivo são preferenciais, conforme estabelecido pela Lei n°9216

24/05/2024 às 17h30
Por: REDAÇÃO 2 Fonte: Agência Belém
Compartilhe:
Além das orientações, os usuários do BRT Maracacuera também receberam material educativo com informações sobre os passes Sênior e Especial, que garantem rapidez e facilidade aos idosos e PCDs
Além das orientações, os usuários do BRT Maracacuera também receberam material educativo com informações sobre os passes Sênior e Especial, que garantem rapidez e facilidade aos idosos e PCDs

Os usuários da estação do BRT Maracacuera receberam, na manhã desta sexta-feira, 24, orientação sobre o respeito aos assentos preferenciais no transporte público. A iniciativa foi realizada em alusão à campanha do Maio Amarelo, desenvolvida pela Prefeitura de Belém, por meio da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob).

A ação foi realizada pelos agentes de Educação para o Trânsito da Semob, com o objetivo de relembrar aos usuários que todos os assentos do transporte coletivo são preferenciais, conforme estabelecido pela Lei n°9216 - que trata da preferência nos assentos do transporte público - e conscientizá-los sobre a importância de ceder a vaga para as pessoas que estão relacionadas na categoria de prioridade: idosos, pessoas com deficiência (PCDs), grávidas, mulheres com crianças de colo e pessoas obesas. 

Das 7h às 9h, os agentes da Semob realizaram cerca de 500 abordagens, tanto na estação quanto dentro do sistema BRT, e entregaram material educativo com informações sobre a lei dos assentos preferenciais e sobre a emissão do Passe Sênior e do Passe Especial, que garantem rapidez e facilidade aos idosos e PCDs, respectivamente, no embarque do transporte coletivo por ônibus.

Respeito e empatia com o outro

A idosa Ana Lúcia relatou que não enfrenta muita dificuldade com a questão da preferência nos assentos do transporte público, geralmente cedem o lugar para ela, mas observa que outras pessoas idosas enfrentam muito esse problema: “Vai muito idoso em pé, pessoas com o cabelo bem branco, mas infelizmente não respeitam”.

Para a autônoma, Aricelia dos Santos, as pessoas precisam ter mais respeito e consciência sobre a importância de ceder o assento para prioridades. “Quando o ônibus está cheio, ninguém nunca levanta para me dar o assento. Eu acho que as pessoas deveriam ter mais consciência, todo mundo vai ficar velho um dia”, enfatizou.

A chefe da Divisão de Educação para o Trânsito da Semob, Tatiane Pinheiro, informou que a ação também foi realizada com o objetivo de reforçar a importância de ceder o assento para as prioridades não só por obrigação, mas principalmente por  empatia. “A campanha é uma forma de lembrar e estimular os usuários para que exercitem a consciência e o respeito aos direitos dessas pessoas, só assim poderá haver uma convivência sadia dentro do coletivo, tornarndo esse deslocamento mais fácil, seguro e sem rivalidade”, frisou.

Lei n°9216 - Sancionada em 2016, tornou preferencial todos os assentos de ônibus, ou de qualquer outro meio de transporte público no município de Belém, tornando, assim, obrigatório aos usuários a cedência de qualquer assento aos passageiros que fazem parte do grupo de prioridade.

Maio Amarelo - É um movimento nacional e internacional de mobilização e conscientização para redução de sinistros no trânsito. Como parte do movimento, a Prefeitura de Belém desenvolve diversas ações ao longo deste mês, com o objetivo de colocar em pauta a questão da segurança viária.
 

Texto:

Lírio Moraes

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias