Quarta, 12 de Junho de 2024
31°

Tempo limpo

Belém, PA

Educação TURISMO

Setur capacita 148 prestadores de serviços turísticos sobre benefícios do Cadastur

Capacitações ocorreram neste mês de maio nos municípios de Paragominas e Belém, incluindo Mosqueiro. A próxima ocorrerá em Salinópolis

23/05/2024 às 07h40
Por: REDAÇÃO 2 Fonte: Agência Pará
Compartilhe:
Foto: Ascom / Setur
Foto: Ascom / Setur

O Cadastro Nacional do Turismo (Cadastur), executado pelo Ministério do Turismo, é pré-requisito para acesso a financiamento por meio de bancos oficiais, apoio em eventos, feiras e ações do Ministério, incentivo à participação em programas e projetos do Governo Federal além de ser fonte segura de informações aos turistas. No Pará, a Secretaria de Estado de Turismo (Setur) atua como parceira do Ministério para estimular o cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor de turismo, através da realização de Workshops do Cadastur.

Em maio, já foram realizados três workshops do Cadastur capacitando 148 prestadores de serviços turísticos. No dia 16, Paragominas recebeu o evento, no dia 20 foi a vez de Belém, no dia 21 Mosqueiro e no dia 23 será a vez de Salinópolis.

Em Belém, a programação foi dividida em dois momentos, com a participação das representantes do Ministério do Turismo Daniela Henriques Soraia, coordenadora-geral de Formação e Fiscalização de Prestadores dos Serviços Turísticos, além de Marilene Silva e Luziane Santos, agentes do órgão nacional. Na Ilha do Combu, os empreendedores apontaram os principais gargalos para o desenvolvimento turístico da ilha, como o acesso à água potável. Na pauta também esteve a inclusão dos empreendimentos da ilha que não estão cadastrados no sistema do Cadastur.

Foto: Ascom / Setur

O presidente da Cooperativa de Meios de Hospedagem e Restaurantes do Combu, Rosivaldo Quaresma, falou da importância da Setur e do Ministério do Turismo. “Além do incentivo ao Cadastur, os empreendimentos têm recebido as qualificações e capacitações promovidas pela secretaria, uma parceria que vem fortalecendo o trade turístico do Combu e proporcionando uma melhor experiência ao turista”, comentou.

À noite, durante o Workshop do Cadastur no auditório da Associação Comercial do Pará (ACP), foram esclarecidas dúvidas em relação ao cadastramento e sobre a importância de estar presente na plataforma. A reunião contou com a presença de instituições financeiras como Banpará e Basa, além de prestadores dos Serviços Turísticos da Ilha do Combu, representantes da Belemtur e Sebrae.

“O Cadastur é referência nacional, que dá a chancela de formalização para aquele empreendimento. Todos os workshops são necessários para que consigamos melhorar o atendimento ao turista na nossa região.  Nosso objetivo é que os empreendimentos ofereçam um serviço de qualidade, principalmente preparando para as demandas com a COP 30. Então, se você tem um empreendimento turístico e ainda não fez seu cadastro, acesse o site do Ministério, é simples, não tem custo, mas tem muitas vantagens ao empreendedor”, sinaliza o secretário adjunto da Setur, Lucas Vieira.

 

Foto: Ascom / Setur

Salinópolis é o próximo município a receber o workshop, nesta sexta-feira (23), a partir das 19h, no auditório do Hotel Solar. Inscrições e informações através do contato: 98395-8423

Cadastro- O Cadastur tem como objetivo a formalização e a legalização dos prestadores de serviços turísticos no Brasil e conforme a Lei nº 11.771, de 17 de setembro de 2008, o é obrigatório para acampamentos turísticos, agências de turismo, meios de hospedagem, organizadoras de evento, parques temáticos e transportadoras turísticas. Também é obrigatório para exercer a profissão de Guia de Turismo, conforme Lei nº 8.623, de 28 de janeiro de 1993. 

O cadastro é válido por dois anos no caso das pessoas jurídicas, e cinco anos para os guias de turismo. Tanto o cadastro como a renovação são totalmente gratuitos, através do site: https://cadastur.turismo.gov.br/

Foto: Ascom / Setur

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias