Sábado, 20 de Julho de 2024
34°

Parcialmente nublado

Belém, PA

Anúncio
Política RECURSOS

Prefeitura de Belém assinará convênio de R$ 350 milhões com o governo federal na segunda-feira, 6

A Itaipu Binacional, irá repassar R$ 350 milhões para obras preparatórias à COP- 30, a convenção das Nações Unidas sobre mudanças climáticas, que ocorrerá na capital paraense, em novembro de 2025

04/05/2024 às 10h16
Por: REDAÇÃO 2 Fonte: Agência Belém
Compartilhe:
Obras do complexo de turismo e gastronomia de São Brás já estão com mais de 50% concluídas.Foto: Agência Belém
Obras do complexo de turismo e gastronomia de São Brás já estão com mais de 50% concluídas.Foto: Agência Belém

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, irá a Brasília, na próxima segunda-feira, 6, para assinar, junto ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, o contrato de convênio com a Itaipu Binacional, que irá repassar R$ 350 milhões para obras preparatórias à COP- 30, a convenção das Nações Unidas sobre mudanças climáticas, que ocorrerá na capital paraense, em novembro de 2025.

Entre as obras que receberão o recurso estão o Mercado de São Brás, o complexo do Ver-o-Peso e o Parque Urbano São Joaquim. A cerimônia de assinatura será no Palácio do Planalto, às 11 horas.

Turismo e gastronomia

Dentre os R$ 350 milhões a serem repassados, R$ 63 milhões serão aplicados na revitalização do complexo Ver-o-Peso, obra recém iniciada, que engloba desde a Feira do Açaí até a feira e os Mercados de Peixe e de Carne. Já R$ 85 milhões serão investidos na recuperação do Mercado de São Brás, cuja obra está avançada, em 55% da execução atingida. O prédio histórico vai ganhar um centro turístico gastronômico de porte internacional. O recurso a ser recebido nesta segunda-feira será suficiente para concluir essas duas obras.

Urbanização - No Canal São Joaquim será construído o Parque Agroflorestal Urbano São Joaquim, um bosque linear de 5 Km de extensão. Estão previstos R$ 150 milhões da Itaipu Binacional nesse projeto. A licitação das obras será lançada este mês. “Vamos fazer uma primeira grande etapa do Parque São Joaquim e já há um compromisso da Itaipu de aportar depois mais cerca de R$ 150 milhões para que possamos chegar da Avenida Júlio César à Baía do Guajará e termos, portanto, toda a infraestrutura entregue à população de Belém, ligando bairros de classe média a bairros da periferia, como o Barreiro e o Telégrafo”, destaca Edmilson Rodrigues. 

Bioeconomia - Outro investimento previsto com esse recurso é o Centro de Bioeconomia e Economia Criativa da Prefeitura de Belém, que será construído no antigo prédio da Secretaria Municipal de Finanças (Sefin), na Praça da Mercês, no valor de R$ 6 milhões. Ainda, haverá  a aplicação de recursos em políticas públicas de incubação de startups para o fomento da bioeconomia, na ordem de R$ 20 milhões, em parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA). 

“O aporte de recursos é bastante significativo, mas ainda não é tudo que nós precisamos”, antecipa Edmilson Rodrigues. Na ida a Brasília ele irá dialogar novamente com o presidente Lula em busca de mais recursos para Belém. Além da conclusão do Parque São Joaquim, o prefeito quer revitalizar também as ruas João Alfredo e Santo Antônio, em um projeto complementar ao Ver-o-Peso.

“Temos projetos de urbanização, principalmente nas áreas de baixada, os grandes projetos de macrodrenagem, projetos urbanísticos dentro das bacias hidrográficas, a criação de áreas de lazer, enfim, temos muitos projetos e precisamos de aporte financeiro para realizá-los”.

Avanço -  A gestão municipal está otimista com a possibilidade de trazer ainda mais recursos federais para Belém, pois a administração municipal tem demonstrado grande capacidade de execução das obras. “Hoje, o que cabe à Prefeitura está sendo feito, tudo está sendo licitado ou está iniciado e avança rapidamente. A nossa moral está elevada com o Comitê da COP do governo federal e com o próprio presidente Lula. Temos possibilidade de trazermos mais notícias boas porque o Lula gosta de Belém, ele tem uma afinidade grande comigo e, tudo isso, ajuda na decisão do governo federal para premiar Belém ainda com mais recursos”, afirma o prefeito.

Texto:

Enize Vidigal

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias